Apresentação da Candidatura de Bruno Gomes a Presidente de Câmara

Decorreu na passada segunda-feira, 14 de dezembro, na Casa do Adro Hotel, em Conferência de Imprensa a apresentação da candidatura de Bruno Gomes à presidência da Câmara de Ferreira do Zêzere, no âmbito das autárquicas de 2021.

O DZ irá partilhar com os nossos leitores entrevista ao candidato na próxima edição escrita (da autoria do nosso colaborador António Freitas) mas partilha desde já o discurso de Bruno Gomes na sua apresentação:

“Boa tarde,
Caro Hugo Costa, digníssimo Presidente da Federação do PS de Santarém,
Digníssima Comunicação Social,

Obrigado pela presença nesta apresentação da candidatura do PS à Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere.

Quero começar por enaltecer o trabalho desenvolvido pelo PS ao longo destes anos, que levou a que, nas últimas eleições autárquicas, o PSD perdesse a maioria absoluta na Assembleia Municipal, e que ganhássemos mais Juntas de Freguesia; que, pela primeira vez na história, o PS vencesse os últimos dois atos eleitorais, as eleições europeias e as eleições legislativas. Isto vem mostrar que são cada vez mais os ferreirenses a acreditar no trabalho do Partido Socialista.

Quero agradecer a todos aqueles que ajudaram a fazer crescer o partido, que acreditaram e acreditam neste caminho, que acreditam em mim e na minha equipa para liderar uma candidatura que será o reflexo dos desejos maiores dos ferreirenses. Esta será uma candidatura com um projeto feito pelos ferreirenses e para os ferreirenses. Um projeto onde todos juntos vamos melhorar Ferreira do Zêzere, onde todos juntos vamos desenvolver
Ferreira do Zêzere, onde todos juntos vamos unir Ferreira do Zêzere.

Levo praticamente 20 anos de política ativa no Concelho, fui e sou o rosto da oposição mais visível ao longo destas duas décadas e esta será a minha quinta participação ativa numa campanha autárquica; fui membro da assembleia municipal durante 12 anos, vereador durante estes últimos três; estive a cinquenta e nove votos de ganhar a Assembleia Municipal e fui candidato à Câmara Municipal nas últimas eleições autárquicas. Considero que este caminho me deu a experiência e conhecimento necessários para desempenhar, com a máxima qualidade, as funções de Presidente da Câmara.

Estou aqui para ouvir as pessoas, para as receber nos Paços do Concelho, para ir às associações, para as encontrar na rua, nos cafés e nos restaurantes. Para as atender ao telefone, para lhes responder aos emails, para as ajudar a resolver os problemas. Hoje, amanhã, depois de amanhã, nos feriados, aos domingos, sempre. O exercício da política local é feito assim.

Um Presidente de Câmara é um promotor do desenvolvimento, um conciliador, um potenciador de dinâmicas e crescimento. Ser-se Presidente de Câmara hoje, implica ter uma visão mais alargada acerca do papel absolutamente decisivo que um Município pode e deve
ter. Ser-se Presidente da Câmara hoje, é ser um estratega, é ser um criador de pontes, um mediador de vontades, um afincado lutador pelo bem-estar e qualidade de vida dos seus munícipes.

Quero que o Presidente da Câmara de Ferreira do Zêzere seja reconhecido como um dos melhores, como um dos mais preparados, como um dos mais dedicados. É assim que quero ser reconhecido. É assim que quero afirmar politicamente Ferreira do Zêzere, nas mais variadas áreas do poder.

O programa eleitoral será o reflexo da vontade e da opinião dos Ferreirenses, será a escolha do que vamos construir e o caminho que Ferreira fará.
Temos de estancar a perda de população, a fuga dos nossos jovens, na sua maioria, com formação. Precisamos de fixar empresas, de ajudar as que cá estão, de criar emprego qualificado. Precisamos de trazer de volta os nossos, de lhes facultar habitação a preço justo, de criar incentivos à natalidade desde o primeiro filho, de lhes proporcionar a melhor educação.

Temos de tornar os processos de construção e legalização das habitações e unidades de produção menos morosos, mais fáceis e mais claros. Temos que criar instrumentos e metodologias de rápida resolução para tantos e tantos problemas que ainda não foram resolvidos e que implicaram perdas de milhões de euros de investimento ao longo destes anos. É impensável estarmos há 18 anos para rever o PDM. Impensável. Os outros Municípios conseguem-no, nós também temos que o conseguir.

Quero ouvir aos empresários dizer que o Município de Ferreira do Zêzere é aquele que mais os apoia e soluções lhes dá, não o contrário.

Dornes tem de ser um ex-líbris desde a chegada até à partida, desde a entrada até à saída, tem de ser um projeto diferenciador em Portugal, embelezado e acarinhado como merece. O rio tem de ser aproveitado, com praias fluviais, com caiaques, com embarcações, com atividade todo o ano, com turistas e com turismo. Tem de haver um forte relacionamento entre o Município, as empresas turísticas e a população, para que consigamos apresentar produtos diferenciadores e geradores de mais-valias para todos. E sempre com a atenção devida ao ambiente e ao turismo sustentável.

As Juntas de Freguesia têm que ter mais meios e mais condições para ter um papel ainda mais relevante no apoio aos seus fregueses. Quero partilhar as atividades do Município com todas as Freguesias e com uma das nossas maiores forças motrizes, as Associações. Temos de provocar um “Boom Cultural” em Ferreira do Zêzere e isso implica, por exemplo, ter o Centro Cultural aberto todos os dias, com atividades, com exposições, com espetáculos, com uma cafetaria. Um Centro Cultural é um núcleo acumulador de Cultura. Temos que afirmar culturalmente o Concelho, com eventos singulares e diversificados, para as várias gerações e para os vários gostos.

Quero que o Município tenha uma forte intervenção social e educacional, elevando estas para outro patamar, com projetos inovadores e em estreita harmonia com as diversas associações e agentes sociais e educacionais. Os nossos pais, os nossos avós, os nossos bisavós, têm tanta experiência e conhecimento, que têm de ter um papel mais relevante no nosso presente.

A enorme importância da Indústria Florestal no Concelho tem que levar o Município a criar instrumentos de ajuda no combate às lacunas que a indústria possa ter. Um exemplo claro, é a formação e qualificação dos seus trabalhadores.

Quero afirmar Ferreira do Zêzere em Portugal e no Mundo, como um concelho atrativo, com turismo sustentável, agricultura de qualidade e biológica, economia circular e com sítios de comercialização e promoção díspares. O Comércio tem de ser dinamizado, o centro da vila tem de ser animado, ocupado com pessoas, todos os dias, todas as épocas.

O Desporto tem de ser apoiado e estimulado no seu todo e em todas as modalidades. Temos todas as condições para nos afirmarmos como um concelho referência nos desportos ao ar livre e aquáticos. Connosco, Ferreira do Zêzere já há muito tinha um ginásio municipal, pois é imperativo promover ao máximo a prática de exercício físico.

Os cães e gatos errantes, depois de recolhidos, têm de ter um sítio digno e que estimule a sua adoção. Estas são algumas das temáticas que queremos desenvolver e concretizar. Isso será conseguido com o talento e o dinamismo de todos os ferreirenses, dos seus empresários, das suas associações e instituições, das suas Juntas de Freguesia, que comigo e com o PS, terão um papel muito mais importante e decisor do que até aqui. Vivemos tempos difíceis, resultado desta pandemia, mas 2021 será um ano de decisões importantes para o Concelho. Temos alguns meses pela frente, para delinearmos o melhor programa eleitoral, documento que é a coluna vertebral do desenvolvimento do Concelho.

Quero contar com todos os ferreirenses, quero todos os ferreirenses a dar o seu contributo, tenham ou não partido. Todos juntos vamos ganhar a Câmara Municipal e fazer mais por Ferreira do Zêzere.

Um abraço forte.
Bruno Gomes